Como avaliar o melhor seguro de vida resgatável?

26 de maio, 2021

Preparamos os principais pontos de atenção para se ter o melhor seguro de vida resgatável, com dicas de como ele deve ser analisado. Vamos lá!

 

Cuidar da saúde financeira é ter uma vida mais equilibrada e menos sujeita a variações negativas dos imprevistos. A estabilidade e a previsibilidade das contas, traz segurança e paz de espírito para os desafios da vida.

Nesse sentido, é interessante avaliar o seguro de vida resgatável e aproveitar as vantagens que essa solução oferece.

Em primeiro lugar, mesmo o melhor seguro resgatável não pode ser comparado a outros tipos de investimentos do mercado financeiro, embora muita gente faça essa comparação. Ele serve sim como uma espécie de reserva financeira, trazendo mais segurança para o seu futuro e permitindo que o resgate seja feito em eventualidades.

Pensando nisso, preparamos os principais pontos de atenção do seguro de vida resgatável, com dicas de como ele deve ser analisado. Vamos lá!

 

Reflita sobre o valor de capital ideal para o padrão de vida e poder de compra de sua família

O Seguro de Vida é um contrato entre você e sua família! Você concorda em pagar um pequeno valor por mês e, em troca, a seguradora concorda em pagar um valor aos seus dependentes se eles perderem você.

Por exemplo, imagine o tempo para sua família se recuperar financeiramente após perder você. Eles precisarão de uma reorganização financeira revendo todos os gastos com educação dos filhos, alimentação, moradia, financiamentos, mobilidade e conveniências que possuam para seguir adiante.

Para isso, recomenda-se que trabalhe com múltiplos entre 24 e 36 vezes a sua renda líquida mensal, haja vista que reorganizar as finanças leva tempo. Caso suas necessidades mudem durante sua jornada, você poderá alterar o seguro a qualquer momento.

 

O que é um Seguro de Vida Resgatável?

O seguro de vida resgatável é um produto que, além de contar com as mesmas coberturas de um seguro de vida, também permite que você recupere parte do valor pago no seguro.

Desse modo, é uma alternativa que pode ser utilizada em caso de necessidade por parte do segurado, ou se ele não desejar mais a cobertura.

Porém, o resgate do dinheiro não é permitido somente em caso de falecimento. No seguro de vida resgatável, a reserva pode ser resgatada com o segurado em vida.

Por isso, é preciso conferir as condições gerais do seguro de vida resgatável com atenção e conhecer o prazo de carência necessário para resgate do valor.

Os elementos básicos do seguro de vida resgatável estão no pagamento das mensalidades e na reserva do dinheiro, que será administrado pela seguradora. Ele rende segundo uma taxa de juros estabelecida na hora da contratação.

 

Quais são as vantagens em ter o melhor seguro de vida resgatável?

O seguro de vida resgatável equivale a uma apólice de seguro de vida, porém com a vantagem de o valor ser linear pela idade ou saúde. Assim sendo, você terá durante todo o período de pagamento do seguro, a mesma idade e o mesmo risco de saúde. O único ajuste no valor será de atualização monetária pela inflação, incluindo o valor do capital.

Por certo, uma das vantagens no longo prazo é que o pagamento será linear, sem surpresas no aumento do valor do seguro.

Além disso, outra vantagem é a opção de pagar o seguro de forma antecipada. Com isso, você aproveita o momento em que você é mais jovem, mais saudável e possui sobra financeira para antecipar o valor do seguro. Ter um seguro de vida resgatável pago enquanto ainda é jovem e saudável, é muito mais barato se comparar com alguém mais sênior e com alguns problemas de saúde.

Por último, o terceiro benefício do seguro de vida resgatável é a opção de resgate total ou parcial dos valores pagos e resgatáveis definidos nas condições do seguro.

Com isso, o melhor seguro de vida resgatável deve funcionar tanto como um seguro tradicional quanto como uma espécie de reserva financeira. Assim, você planeja de forma inteligente a quitação de inventário e outros pontos de um planejamento sucessório inteligente.

Porém, esse ponto exige grande atenção por gerar dúvidas e até mesmo comparações erradas com outros produtos financeiros, incluindo a Previdência Privada.

 

Qual a diferença entre Seguro de Vida Resgatável e Plano de Previdência Privada?

Um engano frequente é comparar o seguro de vida resgatável a um plano de previdência, com o único objetivo de formação de reserva financeira. Aliás, alguns consultores financeiros recomendam essa prática de forma indevida, o que frustra o cliente no futuro.

O seguro resgatável tem suas vantagens, porém o foco principal é a proteção financeira da família e não pode ser considerado como um investimento. Se for isso que você procura, existem soluções melhores no mercado financeiro, como por exemplo a previdência privada.

Em suma, é uma forma uma reserva financeira ao longo do período de pagamento da apólice. O resgate do cliente só fica interessante a partir da quitação da apólice.

Outro ponto importante, é que parte do valor pago será é atribuído ao prêmio de risco e a outra parte ao fundo de reserva.

Outra diferença, é que o seguro de vida resgatável não é isento de tributação no IRPF.

Dessa forma, a parte do prêmio de risco segue a regra do mutualismo do seguro de vida tradicional, em que está garantido um valor de capital em caso de morte.

Por outro lado, já a parte do fundo de reserva é a parte resgatável conforme definido no contrato. Além disso, nos primeiros anos do seguro a reserva será apenas uma parte percentual do valor pago, o que pode gerar uma frustração caso você precise cancelar ou resgatar o seguro nos primeiros anos.

 

Como fazer um seguro de vida resgatável?

Basta preencher um pedido on-line em nosso site, feito sob medida para seu perfil, e fazer a sua cotação, sem compromisso.

Além disso, você contará com uma especialista de equipe de sucesso do cliente para tirar as dúvidas que possam surgir. Em todo o Brasil.

Cuidamos da proteção de sua familía, com um seguro que caiba no seu bolso.

Acompanhe a Tuia Seguros no FacebookInstagram e Youtube.

Compartilhe:
categoria: Dicas e recomendações |

Não sabe qual o melhor seguro para você ou sua empresa?

Não sabe qual o melhor seguro para você ou sua empresa?